Da nebulosidade inicial, o Homem limpa os olhos, descobre o silêncio, caminha para o dia em direção à luz. O sagrado não se oculta, está em si, nele, no Homem, à procura da claridade que decorre por entre as mãos.
Do obscuro saber, o mito esmaga a exterioridade, leva o Homem à viagem interior, onde as cores revelam a presença do sagrado que se esmagam no encontro da sensibilidade, no ventre.
Da coisificação absurda, rodeante, o Homem projeta no universo, na tela, a desordem onírica, que espera, necessita, do olho, da água, da lágrima que dá ordem, sentido.
Na inquietude individual, o artista, o pintor, olha o mito, agarra a cabeça, mergulha nas cores, limpa os olhos, desvela a vida.
A Vida...

quarta-feira, 23 de maio de 2012

Abertura da Feira Romana

 
Posted by Picasa

4 comentários:

MA FERREIRA disse...

Oi Silvia...que linda festa!!
Amei esta foto... é voce nela não é?
bjinhos :}

Silvia Mota Lopes disse...

Eu tenho outra fotografia que se vê melhor. Do lado direito da foto sou eu ...a gordinha:)
Esta era uma boa altura para vir a Portugal para vender os seus colares e cerâmica linda que a Ma faz.

MA FERREIRA disse...

Ah...mas ou estou ficando louca.ou vi
uma foto mais visivél..rsrs
Não esta gorda não..esta bonita!
Um dia irei a Portugal! Já esta na minha lista de desejos..Tenho amigos queridos que moram além mar..agora vc e a Fá ja se juntaram ao grupo..rs
Braga deve ser uma linda cidade..
beijinho..

Silvia Mota Lopes disse...

Olá MA bem... gorda não estou mas um pouquito gordinha estou:)uns 5 kilos a mais... mas isso não interessa...Braga é uma cidade bonita vale a pena visita-la. Vou ver se tiro umas fotos pela cidade um dia destes:)
beijinhos