Da nebulosidade inicial, o Homem limpa os olhos, descobre o silêncio, caminha para o dia em direção à luz. O sagrado não se oculta, está em si, nele, no Homem, à procura da claridade que decorre por entre as mãos.
Do obscuro saber, o mito esmaga a exterioridade, leva o Homem à viagem interior, onde as cores revelam a presença do sagrado que se esmagam no encontro da sensibilidade, no ventre.
Da coisificação absurda, rodeante, o Homem projeta no universo, na tela, a desordem onírica, que espera, necessita, do olho, da água, da lágrima que dá ordem, sentido.
Na inquietude individual, o artista, o pintor, olha o mito, agarra a cabeça, mergulha nas cores, limpa os olhos, desvela a vida.
A Vida...

sábado, 14 de abril de 2012

Dois dias especiais para mim:)

 
O meu casamento foi no dia 20 de Abril de 1996:)
Tinha 25 anos...no dia 20 e no dia 22 fiz 26 anos
tive a minha primeira filha com 27
o segundo com 29 e a terceira com 35 anos.
O amor cresce de dia para dia...sinto-me muito feliz:)
Só sabem o que é o amor se o sentirem de verdade....o amor não é passageiro
é uma raiz bem resistente fixa na terra e é alimentada todos os dias...em todos os momentos.
Não é fácil...amor também é sofrimento, é passar por tempestades...dias de muito calor...ventos fortes e chuvas intensas.
Mas sabemos que está ali bem presente para todos os momentos da vida.
Quando soprar as velas não vou desejar nada para mim...vou desejar alimento para quem tem fome, a cura para quem está doente, o amor para quem odeia, a partilha para quem é egoista, a paz para quem está em guerra.
Não importa a cor, sexo, raça, idade, religião, política, clube...para todo o ser humano de todo o mundo:)

6 comentários:

FA disse...

Sua linda! Sempre cheia de bons sentimentos...
Um beijo "ternurento" ;)

Silvia Mota Lopes disse...

FA eu tenho tudo que é mais importante na vida. Não posso desejar mais sabendo que tanta gente passa fome, frio, não têm emprego...
Um beijo para ti também:)

Gaspar de Jesus disse...

Gosto muito desta sua Filosofia de Vida.
Parabéns Sílvia por assim ser.
Bjs
G.J.

Amapola disse...

Boa noite, querida amiga Silvia.

Achei lindo o seu poema sobre "A VIDA" (Mito, sonho, realidade).

É tão gratificante ver alguém dar seu depoimento de que é feliz no amor...
Louvado seja!!

Você tem uma família linda, e tem dentro de si, o amor universal. Esse que nos faz pedir graças para o outro, assim como Jesus ensinou.

Que a luz Divina ilumine todos os seus projetos.

Beijos.

Silvia Mota Lopes disse...

vocês também estão no meu coração:)
fisicamente é do tamanho do meu punho espiritualmente não ocupa espaço.
Beijinhos ternurentos para os dois:)
Obrigada :)

Silvia Mota Lopes disse...

Amapola se está a referir-se à introdução do meu blog, não é um poema é uma sinopse do tema da minha pintura mito sonho realidade e não foi escrito por mim . Foi escrito pelo meu professor de Literatura e não quis dar o nome, por opção dele.
Por isso não está o meu porque não fui eu que escrevi nem o dele:)
esta introdução fez parte da brochura das exposição de pintura que eu realizei com 24 anos...:)
Beijinhos e muita paz:)